Dois modelos icônicos de carros esportivos, o Mustang GT e o Camaro SS duelam pela preferência dos motoristas estilosos

Para os amantes de carros esportivos potentes, o Mustang GT e Camaro SS são, ao mesmo tempo, icônicos e cheios de estilo. Até hoje duelam pela preferência dos motoristas mais exigentes, pois os dois modelos evoluíram conforme as novas tecnologias foram sendo desenvolvidas e já não lembram em nada as versões originais da década de 60.

O Ford Mustang é a linha mais antiga de automóvel produzido pela Ford Motor Company e é conhecido como a representação automotiva do American Way of Life. O esportivo, apresentado ao público pela primeira vez em 1964, é uma variação do Ford Falcon e seu nome foi inspirado no avião de caça americano chamado P-51 Mustang, que, por sua vez, tem como referência uma raça de cavalos selvagens do país.

ford mustang primeira geração antecessor do mustang gt

Primeira geração do Mustang

Em 1968, a Chevrolet lançou o Camaro SS como uma resposta ao lançamento do seu rival pela Ford. No entanto, a Chevrolet chegou a parar de produzir o esportivo em 1972 devido à alta do petróleo, pois os motoristas optaram por veículos que “bebiam” menos gasolina.

carro chevrolet camaro ss primeira geração 1968

Primeiro Camaro SS

As novidades: A quinta geração do Mustang

O lançamento da quinta geração dos ícones esportivos da Ford e da Chevrolet aconteceu em 2005, com o Mustang GT totalmente inovado e com design retrô para lembrar os carros antigos. O motor V8 de 300 cavalos, conhecido pela potência e ronco eram os principais fatores escolhidos pelo consumidor que comprava o esportivo.

ford mustang gt 2005 quinta geração

Quinta geração do Mustang GT (2005)

A quinta geração do Camaro só chegou em 2009, também como resposta ao lançamento do Mustang GT. O motor também V8 foi um fracasso de vendas nos Estados Unidos, e chegou a ser apelidado de “rápido, brutal e impossível de vender”, fazendo com que a Chevrolet buscasse como solução de vendas o mercado chinês e o latino americano. A estratégia deu muito certo, pois no Brasil o sucesso foi tão grande que o esportivo virou música e um novo símbolo de status social.

quinta geracao do camaro ss de 2009

Camaro em sua versão 2009

Ford e Chevrolet lançam sexta geração do Mustang GT e Camaro SS

Com seis gerações e 12 versões lançadas do Mustang, a Ford apresentou no último ano o Mustang GT 2015, 10 anos após o lançamento anterior. A novidade, apesar de ter ficado mais pesada (1.680 kg com câmbio manual e 1.691 kg com câmbio automático), conta com motor de 441 cavalos, 15 a mais que a versão anterior, e litragem de 5 litros. O design traz o DNA que caracteriza os modelos da marca em âmbito mundial, como os faróis alongados, mas vem ainda algumas alterações que se ajustam a proposta esportiva. Quanto aos freios, não houve inovação no pacote de customização para pista do modelo.

Os pacotes de desempenho incluem modificações nos amortecedores traseiros, molas e buchas e melhorias no resfriamento do motor, na barra estabilizadora traseira, na direção hidráulica, controle de estabilidade e freios ABS. Para os amantes do esportivo que adoram fazer fumaça, o novo Mustang GT, ainda, apresenta a funcionalidade Line Lock, que trava as rodas dianteiras eletronicamente e permite que o piloto queime os pneus traseiros sem que o carro se mova, fazendo assim uma grande cortina de fumaça.

O esportivo ainda não chegou ao Brasil. A previsão é que seu lançamento aconteça até o final do primeiro semestre de 2016 superando a casa dos R$ 270 mil. Isto porque, além de ser importado diretamente da fábrica da Ford, em Detroit, nos Estados Unidos, umas das dificuldades é o ajuste para rodar com a gasolina nacional de até 25% de etanol, que pode corroer partes do motor.

mustang-gt-2015-que-nao-chegou-ao-brasil

Já o Camaro SS 2016, lançado pela Chevrolet novamente como alternativa ao Mustang GT, veio para encantar de vez o consumidor brasileiro. No entanto, como o esportivo ganhou em vendas em relação ao rival nos últimos cinco anos, os designers fizeram com que o Camaro SS 2016 se assemelhasse a sua versão anterior, mas com algumas evoluções perceptíveis. O carro é um pouco menor, mais curto, mais baixo, mais estreito e mais leve do que seu anterior. Internamente o acabamento é melhor, no entanto o motorista pode encontrar muitas partes de plástico que talvez o incomodem.

Os bancos traseiros possuem um espaço agradável e confortável, mas não o suficiente para caber a família toda. O espaço, na verdade, só existe para baixar os impostos das leis americanas, que cobram menos taxas por veículos de quatro lugares do que por um de dois. Quanto à potência, a versão mais turbinada do Camaro SS, oferecida na versão premium, ganha e muito em relação ao rival Mustang GT. São 461 cavalos e litragem de 5,7 litros. No entanto, a visibilidade é pior que no anterior, pois a área envidraçada é muito pequena e os bancos dianteiros um pouco apertados, o que pode causar uma sensação de desconforto para aqueles consumidores que preferem mais espaço.

chevrolet camaro ss 2016

Camaro SS em sua versão 2016

Com lançamento ainda sem previsão no mercado brasileiro, é esperado que o Camaro SS chegue por aqui a um valor aproximado de R$ 100 mil, quase R$ 200 mil mais barato que seu rival, tornando-o atraente para o bolso.

Para os amantes dos dois esportivos que causam inveja em qualquer um, a importância de um seguro auto confiável e prático é ainda maior, pelo preço e pela visibilidade que os dois carros têm.